Bigger than life

2975863576_b72168a94b

Há muito que não me acontecia ficar assim. O filme acaba e fica um aperto. Passa a ficha técnica e continuamos sem fôlego. Varrem-nos da sala e ainda não conseguimos dizer nada. Finalmente uma palavra, meia palavra dita, entre dentes, não vão as lágrimas  atraiçoarem-nos. E eu que nunca tinha tido um chamamento Eastwoodiano. Gostava dos seus filmes mas não me tocavam por aí além. Até hoje. Clint Eastwood é simplesmente o Senhor Cinema e Gran Torino, uma obra de arte. Não há li nada a mais, nem a menos. Há uma contenção evidente, uma austeridade. Mas uma austeridade generosa que atravessa todo o filme. Na iluminação, nos movimentos, na caracterização. No desenvolvimento do enredo. Não consigo arranjar mais palavras. Qualquer coisa que tente acrescentar, estarei provavelmente a retirar. Só indo ver mesmo. É que ainda não recuperei. Ainda não recuperei deste Clint Eastwood realizador. Deste Clint Eastwood actor. It’s bigger than life.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s


%d bloggers like this: